Ir em baixo
Marcelo Luiz
Marcelo Luiz
Sargento
MENSAGENS : 572

REPUTAÇÃO : 796

O anjo da sorte Empty O anjo da sorte

em 3/11/2019, 18:19
Certa vez, havia um rapaz que trabalhava no campo.
Vivia se queixando o por que de não ter sorte. Trabalhava, o dia todo nas plantações, sua mulher ficava em casa e seu único filho o ajudava.
Ganhava a vida plantando, colhendo e vendendo as frutas, verduras, sementes...
E assim seguia. Era um homem justo e humilde, isso fazia com que se queixasse ainda mais a Deus. "Senhor, por que faço tudo certo e não alcanço o que mereço? Meus poucos vizinhos fazem o mesmo que eu, vendem na mesma média de preço e tem 3x mais lucros que eu, vivem em fartura, enquanto eu mal passo o mês! Estão negociando agora bois e terrenos e eu continuo na mesma, trabalhando e insistindo todos os dias assim como eles, mas nunca me beneficio disso!"
Ele pedia por mais sorte todo o tempo.
Em um dia que já havia se esquecido das orações e já estava deixando de acreditar no espiritual, chega um jovem, comum da região, mas que nunca tinha sido visto, magro, mas com aparência de esforçado, lhe pedia um trabalho. E este homem lhe disse: "A minha plantação é a menor, mal posso fazer para mim, quanto mais te pagar, peça aos meus vizinhos". Mas o jovem insistiu lhe dizendo que já havia tentando sem sucesso. E que aceitaria até mesmo trabalhar por um tempo sem qualquer renda apenas podendo ficar lá com eles até voltar para sua terra com o pouco que o homem pudesse lhe pagar.
Mais uma vez o plantador disse que não, e depois de muita insistência ele deixou pois de qualquer forma, onde comem 3 comeriam 4 e o jovem ajudaria de graça por um tempo.
O jovem dava dicas e o homem não aceitava, dizia o jovem: "venda por menos essas verduras que o homem voltará para comprar mais e de outras coisas também" mas o homem não aceitava! Mais um dia e sem vender coisa alguma cedeu ao jovem para vender por menos, dito e feito, na mesma hora o cliente lhe comprou mais 3 sacas. E o homem ficou muito feliz, pois além daquilo o cliente disse que voltaria.
Sentava ao seu lado observando a contabilidade do mês o homem com raiva dizia que isto não era da conta dele. Mas ele dizia: "Reveja seus preços, e não desista de plantar isso"
O homem matutava mas no fim aceitava. Ficava ansioso para aquele jovem ir embora. Mas percebeu que desde que aquele rapaz chegou, as coisas mudaram e estavam indo de vento em popa, e que clientes começaram a surgir com mais frequência e que já estava lucrando mais que seus vizinhos. E já estava pagando aquele rapaz um pouco.
Porém, passado um tempo ainda era de cedo e o rapaz de mochila nas costas disse ao homem que iria embora. Já havia juntado o que precisava para voltar a sua terra. E o homem se sentiu triste pela primeira vez, tudo havia melhorado tanto com aquele jovem otimista ali, e ele iria embora junto com sua sorte. Sem dizer nada o jovem já lhe adiantou: "Meu trabalho aqui já está terminado!"
E enquanto apontou para trás, o homem olhou, e já se virou com o rapaz ao longe, e veio o pensamento que lhe esclareceu. Um anjo da sorte veio lhe visitar, era o rapaz, que apenas usou o que tinha e colocou no lugar certo. A sorte que ele tanto pediu veio quando ele menos esperou para mostrar que nunca se deve deixar de acreditar na mudança e que a sorte é a oportunidade, e que não perde tempo com os que não estão preparados.

Autor: Marcelo Godinho

______________________________________________________

"Para ser capaz, a qualquer momento, de sacrificar o que somos pelo que podemos ser"
I live to be the best!
"Não vou deixar a tristeza conseguir me dominar, saí do coma do passado pra reinar esse presente, juntei toda a humilhação e voltei bem mais potente"
Aprendiz na platéia da vida e prático na estrada da emoção!
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum